Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
leilagatewood89

Tumblr Faz Sucesso E Dá Lucros Incríveis


Como Introduzir Video No Youtube E Gerar Mais Visualizações (Completo)


Você tem algumas centenas de amigos no Facebook, curte inúmeras páginas na rede e está em muitos grupos, todavia nunca vê o tema que todos publicam. Ou, por isso, você tem uma página pra sua marca com alguns milhares de seguidores, entretanto percebe que somente uma pequena porcentagem dos seus fãs chega a curtir ou mesmo ver de perto aquilo que você está explicando.


Neste momento se perguntou por que este tipo de circunstância ocorre pela rede social mais popular do universo? A seleção do que vemos ou não em nosso feed não é aleatória, porém regida por um algoritmo, e é ele que vamos conhecer a seguir. O algoritmo é uma espécie de especificação desenvolvida pra atender algumas situações.

     
  • Cinco - Com ou sem extras
  •  
  • Luedji Luna
  •  
  • 2005 MSN Search Lançamento desfecho
  •  
  • Aula 05 - Página de Captura Serve Pra Segmentar o Tráfego
  •  
  • Episódio 263

A título de exemplo, vamos idealizar que você é dono de uma lanchonete e está desenvolvendo uma plataforma de pedidos online pra estimular as vendas. O teu desenvolvedor podes recomendar um algoritmo que seja apto de propor produtos complementares pro pedido principal. Pensando nisso, ele cria uma especificação que especifica que a toda a hora que um cliente requisitar um hambúrguer, ele vai ver de perto um pop up com 20% de desconto pra obter batatas fritas pra ver o lanche.


Outra determinação pode interpretar os pedidos que o freguês faz com mais regularidade e destacar, no topo da tabela, aquilo que mais tem a ver com o seu amo pessoal. Assim sendo, se você tem um consumidor que sempre pede hambúrguer vegetariano, pode formar uma especificação pra que tudo o que não contenha carne seja apresentado primeiro pra ele. No caso do Facebook, um dos algoritmos é retornado para interpretar o jeito do usuário e estipular aquilo que ele vai ver de perto primeiro em teu feed de notícias.


E é a respeito que vamos falar a acompanhar. Não conhecemos 100% sobre o assunto como o algoritmo do Facebook dá certo, todavia existem alguns pontos que sabemos que são reais. Para começar, o algoritmo do Facebook se baseia nas preferências do usuário. Isto significa que a tecnologia percebe o que e quem você de fato gosta e oferece preferência pra expor conteúdo dessas pessoas ou páginas. Por exemplo, vamos idealizar que, no mesmo dia, você curtiu a página A e a página B. Nas próximas horas, você receberá as últimas publicações destas páginas e o algoritmo vai explorar a sua conduta em conexão a esse assunto.


O mesmo acontece com os amigos que você acrescenta. Se você quase não se interessa por aquilo que uma pessoa publica, a tendência é que olhe cada vez menos posts dela. Como o algoritmo do Facebook é fundamentado em interação, por um lado ele força as páginas a criarem conteúdo cada vez melhor e mais interativo para que os fãs interajam e continuem vendo o que sua marca publica.


Isto é qualquer coisa muito sensacional, no final das contas, quem quer estar em contato e engajar o freguês deve, mesmo, estar a toda a hora preocupado com o tipo de material que interessa ao público e trabalhar pra montar assunto cada vez melhor. Mas, por outro lado, quem tem uma página pequena e está iniciando um serviço de marketing digital pela rede de Mark Zuckerberg ainda não tem um público fiel.


Isso talvez pode terminar “obrigando” a pessoa a investir em anúncios e publicações patrocinadas para fazer com que mais gente encontre o que está informando. Pensando em fazer uma campanha no Facebook? Vira e mexe a mídia social muda as configurações dos seus algoritmos. O Facebook a toda a hora confessa que o intuito é aprimorar, cada vez mais, a experiência do usuário e entregar mais tema pertinente a ele, o que poderá ser verdade e é muito bom para as pessoas que usa a rede social. No entanto algumas das transformações prejudicam as páginas e, outra vez, as obrigam a investir cada vez mais em publicidade para continuar aparecendo para seus seguidores. Uma das últimas transformações relevantes noticiadas pela rede aconteceu em junho nesse ano.


No site oficial do Facebook, o VP de Gerenciamento de Artefato, Adam Mosseri, explicou que um dos novos valores do feed de notícias da rede seria preservar o tema de amigos e família (isto é, perfis pessoais) primeiro. Em segundo e terceiro lugares, o material apresentado deveria auxiliar para avisar ou entreter o público.

Tags: blog
(PRO)
No Soup for you

Don't be the product, buy the product!

close
YES, I want to SOUP ●UP for ...